Oscar Malvessi - Consultoria em Valor
Home Imprimir Contato
Remuneração Executiva e Geração Valor-VEC - Atualizações da Tese: 8ª, 9ª,10ª e 11ª


Remuneração Executiva e Geração de Valor-Relatório PwC/FGV-EAESP_4º Estudo/Maio 2018 - 11ª Atualização da Tese
03/05/2018
Com esta quarta edição do Estudo, abrangendo 7 anos (2010/2016) destaca-se os resultados de todas as 149 empresas que compõem o Índice de Governança Corporativa (IGC) da B3, com o tema remuneração executiva e indicadores KPIs de Criação de Valor-VEC. Traz relevantes conclusões sobre as práticas de remuneração executiva e seus impactos na Criação de Valor da empresa e acionistas.
Estudo revela distância entre bônus e retorno - Jornal Valor Econômico
03/05/2018
Reportagem sobre os resultados do 4º Estudo de Remuneração Executiva e Geração de Valor, da FGV EAESP em parceira com PwC. Analisa-se todas as empresas que compõem o IGC da B3 para 2010/2016. As infos sobre o desalinhamento da remuneração e geração de valar e o analítico dos resultados estão indicados no "relatório" do 4º Estudo de Remuneração Executiva e Geração de Valor disponível a seguir.
Remuneração Executiva e Geração de Valor - RESUMO - 4º estudo/Maio 2018 - 11ª Atualização da Tese
03/05/2018
É o 4º estudo com todas 149 empresas que compõem o IGC da B3, no período 2010/2016. Destacam-se os modelos de remuneração, aspectos qualitativos, os indicadores de desempenho, os níveis de remuneração fixa e variável, bem como a remuneração paga aos diretores e CEOs. Apresentam-se os passos para implementar a remuneração integrada, os Direcionadores de Valor-VEC e o questionário Self Assessment.
Remuneração Executiva e Geração de Valor - Relatório Pwc FGV EAESP - 3º estudo/Abril 2017 - 10ª Atualização da Tese
01/04/2017
É o 3º estudo com todas 146 empresas que compõem o IGC da B3 (Bovespa), período 2010/2015. Destacam-se os modelos de remuneração, aspectos qualitativos, os indicadores utilizados, os níveis de remuneração fixa e variável. Apresentam-se cases de empresas, questões críticas da remuneração integrada, questionário sobre as dimensões e diagnóstico para uma integração apropriada da remuneração.
Impacto da Remuneração Executiva na Geração de Valor - ARTIGO - Revista GV Executivo - 8ª Atualização da Tese
01/06/2016
O artigo da GVExecutivo junho 2016 apresenta os resultados do 1º estudo sobre Remuneração Executiva e Geração de Valor, das principais empresas do Novo Mercado-Ibovespa. Destaca-se os caminhos da remuneração eficaz, avaliando os componentes qualitativos (avaliação de desempenho), assim como os níveis de remuneração fixa e variável dos executivos, com o uso da metodologia de Geração de Valor-VEC.
Companhia vai mal, executivos vão muito bem - Jornal Valor Econômico - 9ª Atualização da Tese
07/04/2016
Executivos ganham mais que empresas - Jornal Valor Econômico - de 07/04/2016 - pg. B2 - Empresas|Carreira. Reportagem sobre os resultados do 2º estudo da análise empírica das 143 empresas do índice IGC/Bovespa. Demonstra-se os princípios de remuneração executiva variável, os indicadores de desempenho, bem como as diferenças entre as empresas que geram valor das que não geram valor.
Remuneração Executiva e Geração de Valor - Relatório Pwc FGV EAESP - 2º estudo/Abril 2016 - 9ª Atualização da Tese
01/04/2016
É o 2º estudo sobre práticas de Remuneração Executiva e Geração de Valor-VEC. Analisa-se as 143 empresas que compõem o IGC/Bovespa de 2010/2014. Destacam-se os componentes qualitativos, os níveis de remuneração fixa e variável dos executivos. Comparam-se as empresas que geram valor das que não geram valor, aplicando a metodologia VEC e sugerem-se o uso da meritocracia e alinhamento de interesses.
Revista Reficont/UMIMEP - Remuneração Executiva e o impacto na Geração de Valor - ARTIGO - 8ª Atualização da Tese
01/01/2016
O artigo examina a relação existente entre as práticas de remuneração executiva fixa e variável vigentes em empresas de capital aberto no Brasil e a Geração de Valor. Apresenta as evidencias encontradas e os conceitos de remuneração executiva visando adequar ao foco na Geração de Valor-VBM-Value Based Management/EVA/VEC, aos princípios de boa governança corporativa e ao alinhamento de interesses.
Remuneração de executivos e geração de valor - ARTIGO - Revista RI - 8ª Atualização da Tese
15/06/2015
Análise empírica do 1º estudo com parceria FGV EAESP e PwC com as 62 empresas de governança corporativa-IGC do Novo Mercado-Bovespa - 2010/2013. Apresenta-se as práticas de remuneração dos executivos, avaliar sua adequação ao processo de Geração de Valor-VEC. Indica-se o uso da meritocracia, governança corporativa e sugere caminhos para alinhar as práticas aos interesses da empresa e acionistas.
Só o Bônus Cresceu - Revista EXAME - 1º abril 2015 - 8ª Atualização da Tese
27/03/2015
Reportagem da Revista Exame nas páginas 88 e 89 - Gestão e Remuneração. Apresenta informações sobre o primeiro estudo sobre comportamento da Remuneração Executiva e a geração de valor no período de 2010/2013, para as empresas de governança corporativa - IGC- listadas na Bovespa, com exemplos de outras empresas globais.
Remuneração executiva e geração de Valor-Relatório Pwc FGV EAESP - 1º Estudo/Março 2015 - 8ª Atualização da Tese
27/03/2015
Primeiro estudo sobre práticas de remuneração e desempenho em empresas de governança corporativa do Bovespa. As bases de informações foram o Formulário de Referência e as D.F. do período de 2010 a 2013. Traz a análise qualitativa dos aspectos de remuneração, governança corporativa e a financeira considerou a metodologia de Geração de Valor ao Acionista VEC/EVA ou VBM-Value Based Management.
Cases

Souza Cruz - O uso da metologia Criação de Valor

C.S.X. (1988) - O uso da metologia Criação de Valor-EVA-Revista Fortune: Set/93

AT&T (1992) - O uso da metologia Criação de Valor-EVA-Revista Fortune: Set/93

Coca-Cola (1984) - O uso da metologia Criação de Valor-EVA-Revista Fortune: Set/93


© 2019 - Oscar Malvessi - Consultoria em Valor

Av. Paulista, 807, 23º andar, Conj. 2309
01311-100- São Paulo - SP - Brasil