Oscar Malvessi - Consultoria em Valor
Home Imprimir Contato
Criação de Valor-VEC: Entrevistas sobre a TESE mais 2ª e 3ª Atualizações


Apenas 20% das empresas ganham da renda fixa - Revista EXAME- 2ª Atualização da Tese
18/01/2005
Inflação - Apenas 20% das empresas ganham da renda fixa. Aplicando a metodologia de Criação de Valor ao Acionista-EVA/VEC, nas 45 maiores empresas de capital aberto, somente 6 Criam Valor, ou conseguem remunerar o custo de capital.
Criação de Valor - Uso da metodologia com foco no EVA/VEC - Jornal Valor Econômico - Tese Reportagem
17/12/2004
Reportagem sobre a 3ª atualização da Tese de Doutorado de 2001. Estudo mostra que apenas 6 empresas abertas, de um total de 45, apresentam lucro operacional que compensa o WACC-Custo de Capital, nos períodos de 1995-2000 e de 2000-2003, ou seja, Criação de Valor. Apesar do bom desempenho das ações em bolsa e dos lucros crescentes, são poucas as empresas que realmente Criam Valor ao Acionista-EVA.
Só 5 empresas dão retorno a acionista no real - Jornal Folha de São Paulo - Tese Entrevistas -
12/05/2002
Resultados da Tese de Doutorado 2001-FGV EAESP, onde apresenta-se o comportamento das maiores empresas de capital aberto em 17 setores no período de 1992/1998, analisadas com os indicadores convencionais de analise financeira, comparando-os com o foco na metodologia do Lucro Econômico/Criação de Valor-EVA/VEC. Constatou-se a importância do uso e foco EVA/VEC no impacto da valorização das empresas.
Pequeno número de empresas cria valor para acionista - Jornal Monitor Mercantil - Tese Entrevistas
26/04/2002
Resultados da Tese de Doutorado de 2001 - FGV EAESP. Uma das primeiras análises s/ o comportamento das empresas de capital aberto no período de 1992/1998. Comparou-se historicamente os indicadores da análise financeira convencional versus a metodologia do Lucro Econômico/Criação de Valor-EVA/VEC. Constatou-se a importância do uso e foco EVA/VEC na gestão e no impacto da valorização das empresas.
Poucas empresas brasileiras conseguem criar valor - Tese Entrevistas - Cidade BIZ - 04/2002
24/04/2002
Uma das primeiras análises com informações sobre o comportamento das empresas comparando os indicadores convencionais de análise com o conceito de Criação de Valor VEC de 1992/1998.
Baixa geração de valor - Jornal Valor Econômico - Tese Entrevistas
19/04/2002
Reportagem sobre os resultados da segunda atualização dos dados da Tese de Doutorado de 2001. No período de 1995/2000 somente 10% das companhias abertas deram retorno ao acionista. Diferente do conceito tradicional de análise, a metodologia de Criação de Valor ao Acionista VEC®/EVA",considera no cálculo do WACC a proporção do custo de oportunidade do capital investido pelo acionista.
Cinco companhias abertas brasileiras criam valor, diz Estudo -Jornal DCI - 2ª Atualização da Tese
19/04/2002
Resultados encontrados na Tese de Doutorado de 2001 na FGV EAESP, com as informações sobre o comportamento das maiores empresas abertas no período de 1992/1998. Avaliou-se as respostas dos indicadores convencionais de análise financeira, comparando-as com os da metodologia do Lucro Econômico/Criação de Valor-EVA/VEC. Constatou-se a importância do EVA/VEC no impacto da valorização das empresas.
Cai o número de empresas que criam valor ao acionista - Jornal O Estado de São Paulo - 2ª Atualização da Tese
19/04/2002
Resultados da Tese de Doutorado de 2001 - FGV EAESP. Uma das primeiras análises s/ o comportamento das empresas de capital aberto no período de 1992/1998. Comparou-se historicamente os indicadores da análise financeira convencional versus a metodologia do Lucro Econômico/Criação de Valor-EVA/VEC. Constatou-se a importância do uso e foco EVA/VEC na gestão e no impacto da valorização das empresas.
Poucas companhias brasileiras conseguem criar valor para os seus acionistas - Revista Reuters - 2ª Atualização da Tese
18/04/2002
Uma das primeiras análises sobre o comportamento das empresas no período de 1992/1998, comparando a aplicação dos indicadores da análise convencional de empresas versus a metodologia de Criação de Valor-EVA/VEC. O objetivo foi avaliar se os resultados econômicos obtidos, ou seja, entender os motivos financeiros e estratégicos e se as empresas conseguem remunerar o custo de capital e Criar Valor.
Criando valor para o acionista - O uso da metodologia do EVA/VEC - Revista RI - Tese de Doutorado
01/02/2002
A entrevista apresenta as conclusões da Tese de Doutorado de 2001 na FGV-EAESP que estudou o desempenho das maiores empresas brasileiras de capital aberto no período 1993/1998, com o uso da Criação de Valor ao Acionista-VEC®. Comparou-se o uso dos instrumentos tradicionais de análise de empresas com a aplicação da metodologia de Criação de Valor ao Acionista-VEC®/EVA" e o MVA Market Value Added.
Acionista não recebe boa remuneração - Jornal do Brasil - Tese Entrevistas
10/12/2001
Reportagem sobre os resultados da Tese de Doutorado de 2001-FGV EAESP. A rentabilidade de muitas empresas abertas brasileiras pode se equipar à de gigantes internacionais. No entanto, na hora de dividir o 'bolo' com os acionistas, o resultado é bem diferente. Evidencias da aplicação da metodologia do Lucro Econômico/Criação de Valor/EVA/VEC ao comparar com os conceitos convencionais de análise.
Poucas empresas remuneram bem o acionista - O uso da metodologia EVA/VEC - Jornal Valor Econômico - Tese Entrevistas
14/11/2001
Poucas empresas remuneram bem o acionista, é baixa Geração de Valor. É uma importante contastação dos resultados da Tese de Doutorado de 2001. Pode-se afirmar que esse fato representa um problema de gestão. "Falta atualização à área financeira das empresas". "Muitos executivos acham que não precisam remunerar o capital dos acionistas". O conceito de Criação de Valor VEC®/EVA" não é novo, mas começou a ganhar força na década de 80 nos Estados Unidos.
Carta na Manga - Novo índice, o EVA, reflete dados dos bastidores das Ações - Revista Isto é Dinheiro - Tese Entrevistas
07/11/2001
Novo índice, o EVA, reflete dados dos bastidores das Ações. Reportagem sobre os resultados encontrados na Tese de Doutorado de 2001, período 1990/1998 das maiores empresas de capital aberto comparando a metodologia de Criação de Valor ao Acionista VEC®/EVA versus os indicadores tradicionais de análise de empresa.
Destruindo Valor - Revista Carta Capital -Tese Entrevistas
31/10/2001
Reportagem sobre os resultados da Tese de Doutorado de 2001. "A forma como as empresas avaliam seus resultados pode ser insuficiente para uma gestão sadia. Consequência: operações ineficientes, muito capital investido e estrutura de capital inadequada resultam em empresas que não geram valor".
Maioria das empresas não cria valor para os acionistas - Jornal O Estado de São Paulo - Tese Entrevistas
19/10/2001
Maioria das empresas não cria valor para os acionistas - Sonia Racy. O estudo desmistifica a ideia de que a principal barreira enfrentada pelos empresários no Brasil é o custo do capital: Esses resultados estão diretamente ligados à forma de gestão das empresas e a estratégias incorretas.
Artigos e Entrevistas

Remuneração Executiva e Geração de Valor-Relatório PwC/FGV-EAESP_4º Estudo/Maio 2018 - 11ª Atualização da Tese

Criando valor para o acionista - O uso da metodologia do EVA/VEC - Revista RI - 02/2002

Celeuma Contábil - EBITDA e as evidências. Qual o real valor dessa métrica? - ARTIGOS - Revista RI - 02/2006

Poucas empresas remuneram bem o acionista - O uso da metodologia EVA/VEC - Jornal Valor Econômico - Tese Entrevistas


© 2019 - Oscar Malvessi - Consultoria em Valor

Av. Paulista, 807, 23º andar, Conj. 2309
01311-100- São Paulo - SP - Brasil